Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

ANDROID 4.2 DEVIA ESTAR MAIS DISSEMINADO, ALERTAM PROFISSIONAIS DE SEGURANÇA

27/06/2013

Mais de três quartos das ameaças conhecidas para os smartphones Android são aplicações nocivas. Contudo poderiam ser neutralizadas por uma proteção característica da versão 4.2 do Android, segundo a Juniper Networks.

No entanto, fabricantes e operadoras não conseguem atualizar os dispositivos dos usuários finais com a velocidade necesária, Hoje apenas 4% dos dos dispositivos Android usa essa versão. Mesmo apesar de esta ter sido lançada há mais de seis meses.

Entre Março de 2012 a Março de 2013, o número de ameaças para dispositivos móveis cresceu 614%, descobrindo-se um total de 276 259 amostras nocivas, dizem pesquisadores do Mobile Threat Center (MTC) ,da Juniper. Das aplicações maliciosas detectadas, 92% têm como alvo o sistema operacional Android, reforçam.

A onda de malware Android registrada nos últimos dois anos é consistente com as análises de outros outros fornecedores de tecnologia de segurança. O crescimento é impulsionado principalmente pela quota cada vez maior dos dispositivos Android no mercado mundial de smartphones, segundo os pesquisadores da Juniper.

A maioria do malware para Android (77%) gera renda paraseus criadores, exigindo que os usuários enviem mensagens SMS para números de transferência de fundos. Essas ameaças geralmente estão disfarçadas de aplicações legítimas ou vêm conjugadas em aplicações pirateadas.
 
 
Fonte: Idgnow

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar