Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

NOVA TECNOLOGIA DE SENSOR DE IMAGEM CAPTURA FOTOS MELHORES SEM USAR SILÍCIO

13/06/2013

k-bigpic (1)
 

Basicamente, todo sensor de imagem digital usa um fotodiodo de silício para capturar luz. Mas pesquisadores da Panasonic e Fujifilm criaram uma nova tecnologia de sensor, que usa uma camada orgânica no lugar do silício – e testes iniciais mostram que isto traz um avanço notável para a fotografia.

A nova tecnologia do sensor CMOS orgânicoestá sendo apresentada no Simpósio 2013 na VLSI Technology em Kyoto, Japão.

Em resumo, a tecnologia usa uma camada orgânica, em vez de um fotodiodo, para converter a luz recebida em eletricidade. Esta é uma simplificação; eis como o sensor proposto muda a arquitetura do sensor:

ku-xlarge

Como a imagem ilustra, o design da nova camada sensível à luz tem 1/7 da largura da estrutura convencional, e deixa uma área muito maior exposta à luz.

Em termos de qualidade de imagem, isso significa grande alcance dinâmico (HDR) e sensibilidade de luz melhorada. A imagem abaixo, tirada do estudo, ilustra os benefícios do alcance dinâmico melhorado:

ku-xlarge

Sensores com HDR conseguem capturar uma diferença maior entre valores de luz e escuridão em uma cena. De acordo com cálculos da SLR Lounge, o novo sensor tem 29,2 f-stops de alcance dinâmico, contra 15,3 na Nikon D800E, que atualmente tem o melhor alcance de qualquer câmera disponível comercialmente. (O alcance dinâmico é calculado em escala logarítmica, mas sem entrar em detalhes, vamos apenas dizer que é um baita avanço.)

Isso parece ótimo! Mas, por enquanto, é mais difícil de implementar, e não há nenhum método comercial para fabricar novos sensores como este. Agora, está nas mãos das empresas descobrir como implementar essa tecnologia, que segundo Panasonic e Fujifilm pode ser usada em tudo, desde câmeras de segurança, modelos point-and-shoot e até mesmo no seu smartphone.

 
Fonte: Gizmodo

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar