Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

NSA E FBI REGISTAM CONTEÚDOS DE VÁRIOS SERVIÇOS ONLINE, AFIRMA JORNAL

07/06/2013

 

 
 
 

A National Security Agency (NSA) e o Federal Bureau of Investigation têm acesso direto aos servidores da Google, Facebook e de outros grandes serviços de Internet. De lá são extraídos áudios, vídeos, fotografias, emails, documentos dos usuários para monitoramento. A coleta de dados é feita com o conhecimento das empresas, mas não está claro se elas colaboram voluntariamente ou se foram obrigadas pela justiça. A denúncia foi feita pelo jornal norte-americano Washington Post nesta quinta-feira.

O monitoramento é parte de um programa de segurança chamado PRISM, iniciado em 2007 para investigar ameaças externas aos EUA, diz o WP. A maioria dos principais serviços de Internet, incluindo Microsoft, Yahoo, Skype, Apple e AOL, assim como Google e Facebook, participa no PRISM, segundo o diário norte-americano. Algumas das empresas já negaram essa colaboração com as autoridades.

A notícia tem por fonte um oficial de inteligência, que forneceu ao Post vários slides de uma apresentação em PowerPoint sobre o PRISM. O jornal publicou o artigo com esses “slides“.

WP_NSA_FBI_1

A notícia surge apenas um dia após o jornal inglês The Guardian ter revelado que a NSA obteve um amplo acesso aos registos de chamadas de clientes da Verizon Communications, também para fins de vigilância.

A NSA está proibida de investigar cidadãos norte-americanos. O programa PRISM tem procedimentos específicos para evitar que o conteúdo dos cidadãos sejam incluídas nessa vigilância, mas os procedimentos não são rigorosos, de acordo com o WP. As agências não tentam recolher todos os conteúdos a partir dos referidos serviços de Internet, mas o PRISM permite que os agentes possam procurar conteúdo e transferi-los para fora dos servidores, disse o Post.
 
 
Fonte: Idgnow

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar