Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

MICROSOFT REVELA NOVO CONSOLE DE VIDEOGAME XBOX ONE

22/05/2013

A Microsoft anunciou nesta terça-feira os primeiros detalhes de seu novo console de videogame, na esperança de o novo Xbox One tenha uma presença sólida no mercado de fãs de games e torne-se referência também para entretenimento casual.

O console de terceira geração, que chega oito anos após seu predecessor Xbox 360, foi divulgado pelo chefe de unidade Don Mattrick em um evento no campus da empresa de software, próximo à cidade de Seattle.

O aparelho será lançado no mundo todo mais tarde neste ano, disse a empresa sem fornecer datas específicas.

Entre as funções do dispositivo está a interação com uma televisão, resposta a comandos por voz e gestos, e inclui chamadas por Skype, 15 jogos exclusivos e programação com conteúdo original.

O renomado diretor de cinema Steven Spielberg vai criar uma série de televisão baseada no jogo de ficção campeão de vendas "Halo" para o Xbox One, segundo a empresa.

O Xbox One vai, principalmente, competir com o Wii U, da Nintendo, e com o próximo console da Sony PlayStation 4, em um mercado de jogos de 65 bilhões de dólares por ano.

O aparelho tem 8 gigabytes de memória, com um controlador atualizado e sensor Kinect de nova geração que se comunica por comandos de voz e gestos do usuário para o console. A tecnologia é construída sobre o sistema operacional Xbox e sobre o kernel (núcleo do sistema operacional) do software Windows para lidar com conteúdo baseado na Internet.

Além disso, o dispositivo permitirá aos usuários armazenar conteúdos de entretenimento, incluindo filmes, jogos e músicas, em servidores em nuvem, disse a empresa.

Apesar de sua forte marca e o fator ´descolado´, o Xbox em si não é um fator financeiro fundamental para a maior fabricante de softwares do mundo. A unidade de entretenimento da companhia deve atingir 10 bilhões de dólares em vendas pela primeira vez este ano. Mas, além de ser metade das vendas do Windows, é muito menos rentável, com média de margem inferior a 15 por cento em comparação com 60 por cento ou mais para o Windows ou o Office.

A empresa tem mais de 46 milhões de membros que assinam seus jogos online e o serviço de entretenimento digital Xbox Live, mas ainda é uma fração das pessoas que pagam para seu software.
 
 
 
Fonte: Uol

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar