Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

NOVO PADRÃO DE ROTEADORES DEVE TRAZER ´NOVO WI-FI´ MAIS RÁPIDO E ESTÁVEL

21/05/2013

Atire a primeira pedra se você estiver totalmente satisfeito com sua velocidade de conexão. Não importa, por mais rápida que seja, todos querem mais velocidade de navegação. E é exatamente isso que promete o mais novo padrão para roteadores sem fio, que muita gente já resolveu chamar de "Novo Wi-Fi".

Para acompanhar as ofertas das operadoras de internet, que oferecem pacotes com velocidade cada vez maior – hoje, em alguns casos, ultrapassando os 20 mega de conexão, a indústria de roteadores também evoluiu e desenvolveu um novo padrão para acompanhar a tendência.

Um dos primeiros padrões de conexão sem fio foi o "802.11 G", que chamaremos simplesmente de "G". Ele oferecia velocidade máxima de 54 Mbps entre o ponto de acesso e seu smartphone, tablet ou notebook, por exemplo. Depois, veio a evolução "N", que aumentou muito essa velocidade de conexão, atingindo até 300 Mbps. A novidade agora é o padrão "AC", que promete triplicar essa velocidade.

"O que o 11AC vai trazer é um salto de velocidade. O Wi-Fi logo estará na ordem de Gbps", diz Malko Saez, especialista de produtos wireless da Cisco.

Entre suas vantagens, a principal melhoria do novo padrão é realmente esta: velocidade. E pode apostar: isso vai fazer muita diferença quando você estiver usando a rede sem fio da sua casa.

"Com maior velocidade você consegue colocar mais usuários na mesma área de cobertura. Com isso melhora a experiência de usuário quando navegar", explica Saez.

Talvez a principal experiência que o usuário vai sentir ao experimentar o novo padrão "AC" seja em relação aos serviços de vídeo na web. Informações audiovisuais demandam muita velocidade de comunicação entre seu aparelho e o roteador. Muita gente, mesmo com boas velocidades de conexão, ainda sofre com os travamentos e perda de qualidade dos vídeos online. Mas essa é uma questão que o padrão "AC" promete melhorar. A nova especificação realiza múltiplas conexões de alta velocidade para transferir esse tipo de conteúdo.

Ainda que seja uma evolução do padrão "N", o novo Wi-Fi não sofreu alterações nas questões de segurança. Mas isso, segundo a própria indústria, não traz qualquer preocupação. "A segurança ainda segue os mesmos padrões de qualidade", conta Saez.

Outra mudança é que diferente de alguns roteadores padrão "N" que operavam em duas frequências diferentes, o padrão "AC" só funciona na faixa dos 5 gigahertz. Por ser uma frequência mais alta, isso significa menos interferência e, consequentemente, uma conexão mais estável.

Ao mesmo tempo que uma frequência mais alta tem menos interferência, ela também tem um alcance um pouco menor. Mas com a tecnologia do padrão "AC" possibilita um direcionamento de sinal mais forte que, também segundo especialistas, não vai afetar a maioria dos domicílios. O padrão "802.11ac", em vez de propagar as ondas de modo uniforme para todas as direções, os roteadores Wi-Fi reforçam o sinal para os locais onde há computadores conectados. Outra vantagem que o padrão "AC" traz é a possibilidade de conversar simultaneamente com diversos aparelhos conectados ao roteador sem qualquer interrupção. Por mais rápido que fosse, o padrão "N" só permitia que essa conversa fosse feita com um dispositivo por vez.

Sobre a questão de compatibilidade de aparelhos, também não há com o que se preocupar. Uma exigência da indústria é que todo novo padrão deve ser compatível com o padrão anterior. Ou seja, todos os smartphones, tablets e notebooks que se comunicam com o padrão "N" também vão funcionar com o novo Wi-Fi "AC".

Mas a melhor experiência só será sentida mesmo quando estivermos usando roteadores padrão "AC" com equipamentos que já tenham essa tecnologia. Os próximos computadores da Apple devem vir com o novo modelo de conexão e também a maioria dos novos dispositivos móveis. É uma evolução e uma tendência sem volta.
 
 
 
Fonte: Olhar Digital

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar