Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

AUTORIDADES LUTAM CONTRA GOOGLE GLASS POR PRIVACIDADE E SEGURANÇA

08/05/2013

O novo computador vestível do Google, o produto mais inovador desde o lançamento do iPad e do iPhone, não chegará ao mercado até 2014, mas já está enfrentando resistência.

O aparelho conhecido como Google Glass, que permite que os usuários acessem a internet, tirem fotos e gravem vídeos, já foi banido de um bar em Seattle, nos EUA. Grande parte de Las Vegas também não dará as boas-vindas ao dispositivo, assim como o Estado da Virgínia Ocidental, cuja legislação já busca tornar ilegal usar o óculos do Google enquanto se dirige.

Isso é só o começo, afirma Timothy Toophey, advogado especializado em leis de privacidade em Los Angeles. O Google Glass causará muitas rixas.

Como a tecnologia pessoal se torna cada vez mais ágil e imperceptível, o Google Glass levantará questões como a distração de motoristas, problemas em relacionamentos. Além de acabar com o pouco de privacidade que ainda temos em público.
 
O
 
Uma armação de óculos sem lentes equipada com um pequeno computador na haste direita do aparelho, o Glass oferecerá a oportunidade de encontrar uma celebridade ou até mesmo um balconista mal-humorado e transmiti-los para milhões em questão de segundos. Nós todos seremos tanto paparazzi quanto alvos, afirmou Karen L. Stevenson, advogada da firma Buchalter Nemer, de Los Angeles.

Para o Google, o Glass é um trabalho que ainda está em progresso, sendo que as primeiras versões de testes foram liberadas para dois mil desenvolvedores. Em breve, mais 8.000 exploradores, pessoas escolhidas pela própria empresa, também receberam um exemplar em breve.

O aparelho possui alguma segurança para torná-lo menos intrusivo: é preciso dar um comando de voz ou apertar um botão na lateral para ligar o dispositivo e é preciso olhar diretamente para alguém para tirar uma foto ou filmar alguém.

Nós estamos pensando com muito cuidado sobre o design do Glass, porque uma nova tecnologia sempre levanta algumas questões, disse a porta-voz do Google Courtney Honne.

O 5 Point Cafe, um bar de Seattle, foi o primeiro estabelecimento a explicitamente proibir o uso do Glass. Em parte, essa foi uma ação de publicidade que ajudou promover o local com a repercussão do anúncio na imprensa. Mas o proprietário do 5 Point Cafe, Dave Meinert, declarou que a decisão é séria, por ser um local privado.

No ano passado, o poder Legislativo da West Virginia já tornou ilegal enviar mensagens de texto enquanto se dirige e pretende fazer o mesmo com o Glass, apesar de atualmente permitir o uso de aparelhos comandados por voz.

Em Las Vegas, o porta-voz do Caesars Entertainment declarou que computadores e câmeras são proibidos em cassinos. Nós não vamos permitir que as pessoas usem o Google Glass enquanto apostam ou assistem aos nossos shows, afirmou.

A chegada do óculos do Google mobilizará côrtes, políticos, advogados e autoridades enquanto as empresas de tecnologia lutam contra as restrições aos seus produtos em todas as esferas da sociedade. 
 
 
 
Fonte: Folha 

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar