Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

INTEL INVESTE EM CHIPS PARA MÁQUINAS DE BAIXO CUSTO

03/05/2013

A Intel está iniciando uma expansão no mercado de tablets e notebooks de baixo custo, a partir de US$ 200, com uma nova linha de processadores Atom de baixo consumo baseados em uma arquitetura chamada Silvermont. De acordo com uma fonte familiar com os planos da empresa, mais detalhes sobre os novos chips serão divulgados na próxima semana.

A empresa espera ver no mercado, no final deste ano, tablets e notebooks com telas destacáveis ou móveis e preços entre US$ 200 e US$ 399, equipados com processadores Atom de codinome Bay Trail, que por sua vez são baseados na arquitetura Silvermont. Esta é a primeira grande mudança na arquitetura dos processadores Atom desde 2008, quando eles chegaram ao mercado. 

A Intel vem prometendo melhor desempenho e autonomia de bateria em tablets, smartphones e notebooks equipados com processadores baseados na arquitetura Silvermont. A empresa deve dilvulgar mais detalhes sobre ela em um evento que será realizado na próxima segunda-feira em seu campus em Santa Clara, na Califórnia. Entre os palestrantes no evento está Dadi Perlmutter, vice-presidente executivo e gerente geral do grupo de arquitetura da Intel. 

Segundo a Intel tablets e notebooks baratos baseados nos sistemas operacionais Android e Windows e equipados com processadores Bay Trail quad-core estarão disponíveis nas lojas no final deste ano. A lista de chips baseados na arquitetura Silvermont também inclui o Merrifield, que será usado em smartphones no ano que vem, e o Avoton, que será usado em servidores de alta densidade e baixo consumo na segunda metade deste ano.

A Intel originalmente apresentou o Bay Trail como um processador para tablets, mas no início deste mês disse que irá expandir seu uso no mercado de conversíveis, notebooks e desktops abaixo dos US$ 599. 

As entregas de PCs estão caindo e até o momento a Intel não tem conseguido reverter a tendência do mercado com sua estratégia baseada nos Ultrabooks - máquinas rápidas, porém caras. Entretanto, a empresa espera que máquinas de baixo custo com processadores Bay Trail atraiam um novo conjunto de compradores e ajudem a revigorar o mercado de PCs.

A Intel também espera que tablets de US$ 200 com processadores Bay Trail sejam capazes de igualar ou até superar o desempenho e autonomia de bateria de aparelhos similares baseados em processadores ARM, que são usados na maioria dos tablets e smartphones atuais. Tablets como o iPad da Apple, Galaxy Tab da Samsung, Nexus 7 da Google e Kindle Fire HD da Amazon são todos baseados em processadores ARM.

É provável que os tablets e notebooks mais baratos usem o sistema operacional Android. A Intel está trabalhando em conjunto com a Google no desenvolvimento de otimizações e drivers de seus chips para o sistema, e alguns processadores da empresa já são compatíveis com o Android 4.2.

A Intel também espera usar sua vantagem no processo produtivo, que é considerado o mais avançado da indústria, para construir processadores Atom menores e mais rápidos. Os novos processadores baseados na arquitetura Silvermont são produzidos em um processo de 22 nanômetros, com transistores “3D” que prometem melhor desempenho e mais eficiência no uso de energia.

Os primeiros processadores Silvermont serão provavelmente utilizados em servidores. A partir da segunda metade do ano, os servidores “Moonshot” da HP usarão processadores Avoton em máquinas de baixo consumo e alta densidade.

Um porta-voz da Intel não comentou mais detalhes sobre o Silvermont ou chips relacionados.
 
 
 
 
Fonte: IDgnow

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar