Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

RECEITA DA AT&T DECEPCIONA MESMO COM MAIOR BASE DE ASSINANTES

24/04/2013

A AT&T registrou receita trimestral menor do que o esperado, já que o crescimento na base de assinantes no primeiro trimestre foi liderado por usuários de tablets, que pagam tarifas mais baixas do que clientes de celulares.

A segunda maior provedora de serviços móveis dos Estados Unidos anunciou que sua base de assinantes cresceu em 296 mil no trimestre, frente às projeções de Wall Street de alta de apenas 195 mil, de acordo com seis analistas contatados pela Reuters.

Isso inclui um aumento líquido de 365 mil assinantes que utilizam tablets, implicando perda líquida de 69 mil assinantes de celulares.

O analista do Nomura Michael McCormack disse que o crescimento de 0,9 por cento na receita média mensal por usuário (ARPU, na sigla em inglês) da AT&T ficou abaixo de suas expectativas, de alta de 1,9 por cento.

"A preocupação será como deveríamos analisar o ARPU daqui em diante", disse McCormack, que espera desaceleração no crescimento da receita em toda a indústria, já que a maior parte dos clientes já tem smartphones, então operadoras têm de buscar lucro em outros segmentos.

A receita caiu para 31,36 bilhões de dólares ante 31,82 bilhões de dólares no mesmo período no ano anterior, antes de a AT&T vender suas operações de diretório de telefonia. Analistas, em média, esperavam receita de 31,74 bilhões de dólares, de acordo com a Thomson Reuters I/B/E/S.

Embora a lucratividade do segmento sem fio da AT&T tenha sido melhor do que o esperado por analistas, McCormack dissse que a margem de lucro de 29,5 por cento de suas operações com cabos ficou bem abaixo de sua expectativa de 30,4 por cento.

O lucro da AT&T cresceu para 3,7 bilhões de dólares, ou 0,67 dólar por ação, ante 3,58 bilhões de dólares, ou 0,60 dólar por ação, no mesmo período no ano anterior.
 
 
 
Fonte: Uol

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar