Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

MINISTRO DAS COMUNICAÇÕES AFIRMA QUE HÁ MUITOS PROBLEMAS NOS SERVIÇOS DE INTERNET NO BRASIL

19/04/2013

O Ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, afirmou que existem problemas sérios nos serviços de internet oferecidos no Brasil. Ele acredita que a exigência de qualidade é cada vez maior, e isso requer investimentos em melhorias na infraestrutura.

- A classe média ascendente quer também ter acesso à internet e quer um serviço de qualidade. Nossa receita para isso é investimentos em infraestrutura. Temos de fazer grandes investimentos para atender à demanda por serviços de qualidade - afirmou o ministro, antes de participar do Congresso Brasileiro de Internet, em Brasília.

Paulo Bernardo defende a votação do Marco Civil da Internet. A proposta ainda tramita na Câmara dos Deputados, e estabelece direitos aos usuários e responsabilidades aos provedores, e vai servir como base para leis e decisões envolvendo o setor.

- O governo é o autor desse importante projeto. Embora tenha havido alterações, achamos que ele está adequado e que deve ser aprovado. Sua redação está em ponto de equilíbrio - afirmou. 

Para o ministro, falta apenas chamar as partes para uma reunião, e ver se há a necessidade de realizar ajustes. Ele também abordou a questão da diversidade de tecnologias de acesso à rede.

- Temos estudado muito essa questão. Nosso convencimento é que precisamos trabalhar com todas as tecnologias possíveis, porque o Brasil tem dimensões continentais e condições geográficas muitas vezes impeditiva que dificultam a chegada da fibra ótica a alguns lugares. Para alcançar algumas dessas regiões, precisaremos fazer parte da conexão em fibra ótica, e parte com rádio. Em algumas delas, será necessário o uso de satélites - disse ele, se referindo a localidades situadas principalmente na região Norte do país.

O ministro ainda afirmou que, devido ao fato de ser um ambiente de negócios, uma internet eficiente pode auxiliar as empresas brasileiras a reduzir custos.
 
 
 
Fonte: Codigo Fonte

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar