Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

INTEL TEM QUEDA DE 25% NO LUCRO EM MEIO À CRISE DO MERCADO DE PCS

17/04/2013

A Intel anunciou hoje queda de lucro e receita no primeiro trimestre fiscal, encerrado em 31 de março, impactada pela escorregada do mercado de PCs do final de 2012. A empresa divulgou lucro de 2,05 bilhões de dólares, 25% menor que o mesmo período do ano anterior, sobre receita total de 12,6 bilhões de dólares, queda de 2,5% sobre o primeiro trimestre de 2012.

Cerca de dois terços da receita da Intel vêm da sua divisão de PCs, que produz microprocessadores para notebooks e desktops. A receita dessa área caiu 6% e foi de 8 bilhões de dólares. A divisão de Data Center, que vende processadores para servidores e outros hardware corporativos teve melhor desempenho, crescendo em 7,5% sua receita, para 2,6 bilhões de dólares.

O CEO Paul Otellini tentou dar um tom positivo aos resultados afirmando que "em meio a um mercado fraco a Intel teve boa performance no trimestre". "Estou animado com o que vem pela frente para a empresa", disse Otellini, que deverá deixar o cargo no próximo mês, por conta da aposentadoria previamente anunciada em novembro de 2012.

A Intel está prevendo Intel receita de 12,9 bilhões de dólares para o segundo trimestre, com variação de 500 milhões para cima ou para baixo.

As vendas mundiais de PCs caíram 13,9% no primeiro trimestre de 2013, segundo dados da IDC publicados na semana passada. É uma queda muito pior que a queda prevista originalmente de 7,7%. A culpa, segundo os analistas, é o pouco entusiasmo com o novo sistema operacional Windows 8, da Microsoft, e a opção do consumidor por tablets.

A Intel tem tentado revigorar o mercado de PCs com ultrabooks, notebooks mais finos e mais leves que oferecem recursos de tela touch e outros itens próximos de tablets. Embora muitos modelos de ultrabooks tenham sido lançados, as máquinas tiveram vendas fracas, em parte por conta dos preços muito altos.

Na outra ponta, a empresa ainda briga para marcar presença no mercado efervescente dos smartphones e tablets, dominados pela arquitetura ARM. A Intel deverá começar a enviar seus novos chips para fabricantes de smartphones e tablets neste trimestre, que aí deverão começar a testá-los em seus dispositivos. Os primeiros tablets baseados nesses processadores - com nome-código Bay Trail - só devem aparecer no final deste ano.
 
 
 
Fonte: Computerworld

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar