Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

PREPARAÇÃO É A CHAVE PARA SOBREVIVER AO FIM DO WINDOWS XP

11/04/2013

A contagem regressiva de um ano para o fim do suporte ao Windows XP começou na última segunda-feira, 08 de Abril. Se você ainda está usando esta arcaica versão do Windows, é hora de pensar numa mudança.

Vamos esclarecer: seu PC com o Windows XP não vai explodir ou deixar de funcionar no ano que vem, pelo menos não por causa do fim do suporte ao sistema operacional. O sistema continuará funcionando tão bem quanto na última década. Quando o fim chegar, o que irá acontecer é que a Microsoft não irá investir mais recursos para mantê-lo ou atualizá-lo.

E porque você deveria se preocupar? Três palavras: atualizações de segurança

Quando o suporte ao Windows XP for encerrado, a Microsoft deixará de desenvolver atualizações de segurança para ele. E novas vulnerabilidades afetam o sistema com regularidade, incluindo muitas falhas críticas que permitiriam a um agressor danificar ou assumir o controle de um PC com ele.

Cada dia além do fim do suporte ao Windows XP significa mais vulnerabilidades às quais seu PC estará exposto, sem atualizações para protegê-lo e salvar o dia.

Pode migrar!

Você está esperando o quê? Migre já para o Windows 8, ou ao menos o Windows 7. Sim, o Windows Vista teve alguns problemas, e ninguém pode culpá-lo por tê-lo ignorado. Mas o Windows 7 é diferente: é um sistema operacional muito capaz, com uma variedade de recursos que podem ajudá-lo a trabalhar de forma mais eficiente, e é inerentemente mais seguro do que o Windows XP.

Ainda não há um consenso quanto ao Windows 8, que traz mudanças dramáticas incluindo uma nova interface chamada Modern UI (algo como “interface moderna”) projetada pensando em sistemas com telas sensíveis ao toque, o que pode significar uma curva de apredizado mais acentuada. Mas o Windows 8 também tem um modo desktop para compatibilidade com todos os programas Windows já existentes, e este modo tem a mesma aparência e comportamento do Windows 7 (depois que você restaura o Menu Iniciar). 

E quem disse que você precisa continuar usando o Windows?

Se você ainda está usando um sistema operacional de 12 anos atrás, é razoável presumir que você não usa um PC topo de linha. Ao fazer a transição do Windows XP para um sistema mais recente, você pode ter antes de se certificar de que o hardware irá conseguir acompanhá-lo.

Mas é claro que você não precisa usar o Windows. Se você não tem um orçamento para investimento em hardware, pode experimentar a migração para o Linux. O sistema geralmente roda bem em máquinas mais velhas e menos poderosas, e sua aparência e comportamento podem ser modificados para que se pareça muito com o Windows, reduzindo a curva de aprendizado. Há uma variedade de versões (distribuições ou “distros”, no jargão) do Linux a escolher, o Ubuntu é uma das mais populares. 

Mas se você for investir em novo hardware, uma opção pode ser a migração para o Mac OS X. O sistema operacional da Apple vem ganhando espaço no mercado, e tem a reputação de ser mais simples, intuitivo e seguro que o Windows. E com o auxílio de software como o Parallels ou VMWare é possível rodar aplicativos Windows ao lado dos aplicativos para o Mac OS X, evitando que você tenha de abrir mão de programas dos quais depende no dia-a-dia e que não tem um equivalente no sistema da Apple.

Tick, tock

Um ano pode parecer um longo tempo. Quando a hora chegar, uma pequena empresa ou indivíduo pode simplesmente atualizar ou trocar o sistema operacional, ou comprar um novo PC. Quando você tem de lidar com apenas poucas máquinas o processo não é tão complexo.

Mas em grandes empresas as coisas de movem muito mais lentamente. Considere que muitas delas não fizeram uma atualização de hardware ou sistema operacional nos últimos cinco ou seis anos. Se elas ainda não começaram a seleção de um novo sistema operacional e o desenvolvimento de um plano para a migração, pode ser tarde demais para fazê-lo antes do prazo final para o fim do suporte ao Windows XP.

No final das contas, o que importa é: a data se aproxima, portanto coloque em seu plano de migração em ação.
 
 
 
Fonte: Pcworld

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar