Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

MP-SP DENUNCIA TRÊS POR DISCRIMINAÇÃO CONTRA NORDESTINOS EM E-MAILS

09/04/2013

O Ministério Público do Estado de São Paulo (MP-SP) denunciou três homens por discriminação contra nordestinos veiculada em e-mails enviados  à Escola de Samba Acadêmicos do Tucuruvi, que em 2011 homenageou os nordestinos que residem em São Paulo com o enredo Oxente, O que Seria da Gente sem Esta Gente? São Paulo, A Capital do Nordeste.

Os denunciados enviaram em dezembro de 2010 uma série de mensagens criticando a escolha com termos que, segundo o MP-SP, caracterizam discriminação e preconceito contra os nordestinos.

"Vocês deveriam ser proibidos de desfilar em uma avenida da minha cidade o enredo nojento e racista desses”, diz um dos emails.“Querem exaltar o nordeste, desfilem por lá, e não na minha cidade que se chama São Paulo, capital do Estado de São Paulo”, diz outro trecho da mensagem eletrônica enviada por um dos denunciados. Em outro email, um deles afirma: “Temos de valorizar a cultura paulista e não esse povinho de cabeça chata”.

De acordo com o promotor  Ludgero Francisco Sabella, os termos usados nas mensagens pelos denunciados  E.G.F., L.C.S.B. e C.C.B.S, “indicam discriminação praticada pelos denunciados em relação à precedência e a radicação dos nordestinos na cidade de São Paulo”.

Os denunciados foram localizados depois que os provedores de internet, cumprindo ordem judicial, informaram os titulares das contas dos emails enviados à escola de samba. Um deles integra uma comunidade nas redes sociais denominada “Movimento República São Paulo”, de caráter separatista.

Com base na  Lei do Crime Racial, os denunciados podem ser condenados a até três anos de prisão. O Ministério Público, de acordo com sua assessoria, espera que a Justiça decida ainda nesta semana sobre a aceitação da denúncia, apresentada na última quarta-feira (3/4).
 
 
 
Fonte: Idgnow

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar