Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

COM BAIXA ACEITAÇÃO, CHAIRMAN DA HP DEIXA CARGO

05/04/2013

Ray Lane não será mais chairman da HP. A empresa anunciou a mudança nesta quinta-feira, 4, após dois anos e meio com o executivo no cargo, marcados por polêmicas e escândalos e quedas bruscas no valor das ações.

Como nota a CNN, sua demissão não é surpreendente, uma vez que no mês passado, uma votação entre os acionistas da companhia apontava que 44% deles era contra sua reeleição ao cargo.

"Depois de refletir sobre os votos dos acionistas no mês passado, decidi sair do posto de chairman executivo para reduzir qualquer distração da HP em sua volta por cima", afirmou Lane em comunicado. Ele continuará como membro do quadro de diretores.
Outros diretores também deixarão o cargo. John Hammergren e Kennedy Thompson, que receberam 45% e 46% de votos contra a reeleição não ocuparão mais o posto a partir de maio.

Lane assumiu o cargo após o ex-CEO Mark Hurd ser demitido por um escândalo de assédio sexual, juntamente com o novo então novo CEO Leo Apotheker, e foi responsável por uma limpeza no quadro de diretores. Ele indicou Meg Whitman, que hoje ocupa o cargo de CEO, para ser uma das novas diretoras da empresa.

Ray Lane também esteve envolvido na aquisição da Autonomy, dando aval para o negócio de US$ 11 bilhões em 2011. Entretanto, a HP detectou que a companhia adquirida foi "substancialmente supervalorizada no momento da compra", devido a distorções no seu desempenho financeiro. Os erros nas finanças da Autonomy resultaram em cerca de US$ 5 bilhões a mais no seu valor de mercado. Ele também teve participação ativa na descontinuação do tablet TouchPad da HP. 

O diretor Ralph Whitworth ocupará o cargo de forma interina enquanto os diretores procuram por um substituto.
 
 
Fonte: Olhar Digital

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar