Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

QUASE 80% DOS USUÁRIOS PERDEM INFORMAÇÕES POR ARMAZENAMENTO INADEQUADO

01/04/2013

Neste domingo (31/3) foi comemorado o Dia Mundial do Backup. E atire a primeira pedra quem nunca perdeu um arquivo porque realizou o procedimento de forma errada - ou nunca o realizou. Um levantamento recente realizado pela ESET, fornecedora de soluções de segurança da informação, mostrou que 77% dos usuários da América Latina já perderam dados por não realizarem uma cópia de segurança adequada.

Com o aumento no uso de dispositivos móveis – como smartphones, tablets e notebooks, o risco de perder informações é grande e, segundo a empresa de segurança, a maneira mais adequada de evitar esse tipo de dor de cabeça é realizar o backup periódico e adotar práticas adequadas para evitar a perda de dados.

"A informação é um dos ativos mais importantes para empresas e pessoas na atualidade. Assim, é essencial que os usuários incorporem a cópia de segurança dos diversos dispositivos utilizados no trabalho e em casa", alerta o gerente da ESET Brasil, Camillo Di Jorge.

De acordo com Di Jorge, as pessoas precisam estar preparadas para garantir o acesso a documentos, imagens e dados, mesmo em caso de contratempos, como furto, roubo ou dano nos dispositivos, falha no fornecimento de energia e infecção dos equipamentos por códigos maliciosos.

Os especialistas do Laboratório de Pesquisas da ESET América Latina indicam aos usuários adotarem as seguintes práticas para backup:

Avalie as informações que precisam de backup
Cada usuário deve analisar as informações armazenadas nos diversos dispositivos (computadores, tablets ou smartphones) e identificar quais delas necessitam de cópia. Quando boa parte das informações contidas no equipamento precisa de uma cópia de segurança, o ideal é utilizar um software que faça esse backup de forma periódica. Enquanto que nas demais situações, o usuário pode realizar o processo de forma manual.

Adote meios de armazenamento adequados
O espaço físico em que se armazena a mídia de backup também deve ser protegido. Por exemplo, não é aconselhável transportar o meio de armazenamento usado para o backup - um HD externo ou um pen drive, por exemplo - na mesma bolsa usada para o notebook, já que em caso de perda ou roubo, ambos serão perdidos. Os meios de armazenamento podem ser: um disco rígido (HD externo), dispositivo de armazenamento USB, mídias ópticas (CD, DVD, Blu-Ray) ou nuvem (internet).

No Canal do IDGNow! no Youtube damos algumas dicas sobre armazenamento na nuvem. Acesse o vídeo clicando aqui.

Realize os backups com frequência
Essa decisão deve ser analisada de acordo com a frequência em que os arquivos são criados, modificados e apagados. Se um projeto é atualizado diariamente, será necessário realizar uma cópia de segurança todos os dias.

Vale lembrar que um programa para backup de informações não substitui uma solução de segurança, que protege contra malwares e outras ameaças online. Para atender objetivos diferentes e complementares e atingir o nível ideal de proteção das informações, a recomendação é implementar ambos softwares.
 
 
 
 
Fonte: IdgNow

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar