Página Inicial



twitter

Facebook

  Dicas
|

EM ÉPOCA DE APAGÃO, GARANTA SEU EQUIPAMENTO INSTALANDO UM NOBREAK

Antonio Vilhena - 01/05/2001

Proteja sua rede utilizando sistemas UPS (NoBreaks)

Você está preparado para proteger seus recursos de rede em caso de tempestade? Geralmente os engenheiros de rede desenvolvem planos para falhas de hardware em equipamentos, ou perdas devido a problemas de hardware, mas muitas vezes se esquecem do mais simples que é o plano para falta de energia.

A calma antes da tempestade

O primeiro estágio para a proteção da rede ocorre antes da tempestade. Um planejamento bem feito deve prever o que poderá acontecer de problemas quando houver quedas de força.

A melhor maneira de prevenir contra perda repentina de energia, é usando um Uninterruptible Power Supply (UPS). Webopedia define UPS como "fonte de energia que inclui uma bateria para manter a energia no caso de falha de disponibilidade de força". Um UPS fornece ao sistema operacional e/ou ao administrador de rede, tempo precioso para proceder o desligamento/shutdown de equipamentos e servidores. Existem basicamente 3 tipos de sistemas UPS: Standby power supplies, Ferro resonant, e online "true" UPS systems.

O que fazem estes diferentes sistemas?

  • Standby power supplies são sistemas que esperam pela falta de energia. Depois de uma queda de energia, um inversor alimentado a bateria se liga automaticamente para suprir esta falta de eletricidade. Estes sistemas são geralmente baratos e não fornecem ou fornecem muito pouco filtro de ruído ou proteção contra picos ou reduções de nível de voltagem.
  • Ferro resonant UPS systems são sistemas híbridos de "standby" e "UPS reais". Basicamente usam um transformador tipo "Ferro Resonant" para manter constante a voltagem na saída mesmo com variação na entrada. Estes sistemas fornecem excelente proteção de ruído de linha e geram pouco calor.
  • Online UPS systems estes sistemas operam continuamente a partir de um inversor. Estes sistemas fornecem a melhor proteção contra quedas de força. Entretanto, são sistemas mais caros, usam mais energia que os outros dois, e geram grande quantidade de calor.

Como escolher a capacidade correta do NoBreak/UPS

Você precisa definir quanto de potência você precisa para o equipamento, de modo que possa escolher corretamente o equipamento que atenda às suas necessidades. A capacidade de um UPS é expressa em VA (volt-amperes) - a maioria dos modelos possui no próprio nome a capacidade de VAs para facilitar a escolha.

Existem métodos mais detalhados, que são importantes para uma melhor definição, principalmente no caso de servidores, portanto vamos separar em 2 métodos.

Método 1: cálculo "por alto"
Assuma a potência da fonte de alimentação de seu PC (in watts) mais o consumo aproximado de um monitor, mais um fator de segurança de 40%, o que daria: (250W + 140W) x 1,4 = 546 VA. Com isso, você teria que comprar um NoBreak/UPS com capacidade de 550 VAs aproximadamente, ou maior.

Método 2: cálculo "detalhado"
O detalhamento pode ser aplicado principalmente em servidores ou equipamentos com muitos periféricos em seu interior. Para isto, listamos abaixo um resumo de consumo aproximado de cada ítem:

Motherboard sem CPU ou RAM

30 Watts

Floppy Drive

5 Watts

IDE Drive 5400RPM

10 Watts

IDE Drive 7200RPM

15 Watts

SCSI drive 7200RPM

25 Watts

SCSI drive 10000RPM

40 Watts 

128MB SDRAM

10 Watts

IDE 50X CD ou 10X DVD Drive

20 Watts

Placa AGP de alta Performance

30 Watts

Placa de rede 10/100

5 Watts

Pentium III 700MHz

25 Watts

Athlon 600MHz

45 Watts

Mesmo fazendo o cálculo detalhado, não se esqueça de colocar um fator de segurança de cerca de 40% na necessidade total de potência do seu sistema.

Alguns itens adicionais ao selecionar seu NoBreak/UPS

Ao selecionar seu NoBreak, alguns itens diferenciam marcas e modelos, e vale a pena atentar a eles, de forma a tirar o máximo de seu equipamento, e aumentar sua segurança:

  • Capacidade de expansão de tempo de funcionamento através da adição de baterias extras
  • Facilidade de troca de baterias para substituir após vida útil. Facilidade na operação de troca, e na compra da substituta 
  • Capacidade de gerenciamento por software, muito importante para servidores efetuarem shutdown e salva de arquivos automaticamente quando da queda de energia, evitando riscos de corromper algum dado
  • Custo de software de gerenciamento caso tenha
  • Se possui proteção contra picos de voltagem para linhas de telefone
  • Se possui indicador de fácil visualização de estar em atividade, e da capacidade restante de carga para funcionamento quando em funcionamento numa queda de energia
  • Quantidade de tomadas para conexão de equipamentos

Dicas para manter um sistema UPS funcionando

A maioria das quedas de energia ocorrem apenas por alguns minutos. Entretanto, os estragos causados podem resultar em horas e até dias de trabalho de recuperação. Os sistemas de UPS são geralmente a primeira barreira de defesa. Como eles só estarão funcionando quando a força não estiver disponível, é aconselhável testa-los com alguma freqüência, simulando quedas de força. Não adianta ter um sistema destes, confiar que estará disponível quando necessário, e na hora H, por nunca ter sido testado, ele não atender às expectativas, e causar dano ao seu Software, Hardware ou pior, a seus dados.

Sistemas de UPS devem ser monitorados toda semana, simulando quedas de tensão ao menos 1 vez a cada 3 meses, após um backup completo de seus dados, e fora do horário de pico no serviço. Não se pode esquecer que UPSs contém baterias, que possuem vida útil e são elementos passíveis de perda de capacidade de armazenamento de energia e mal-funcionamento. É aconselhável fazer este teste "desligando" a máquina e não retirando-a da tomada, pois neste caso poderia perder o sinal "terra" de referência.

Verifique se os softwares de gerenciamento de backup/shutdown do servidor estão funcionando, acompanhe o tempo de processo de salvamento das informações do servidor e seu shutdown apropriado, mantendo sempre uma boa margem de segurança deste tempo contra o tempo de autonomia do UPS. Caso seja necessário, a maioria dos UPSs para rede/servidores, possuem a opção de conexão de baterias extras para aumentar o tempo de autonomia.

Lembre-se sempre de fazer um acompanhamento da vida útil das baterias do seu UPS (pode ser verificada no manual do mesmo), e quando indicado, execute a troca imediatamente, pois UPS com bateria que não funciona, não serve para nada!

 
Indique esta dica Indique esta dica para um amigo

VOLTAR