Página Inicial



twitter

Facebook

  Dicas
|

TUTORIAL: CRIANDO COLETÂNEA EM CD DE ÁUDIO (PARTE 1 - CDA)

Antonio Vilhena - 07/09/2005

Parte 1 - CDA (CD de Áudio)

Outro dia me trouxeram esta dúvida, e coincidentemente também vi a mesma dúvida lá no Fórum do BoaDica, o que me alertou que talvez seja uma dúvida que outras pessoas também tenham mas não colocaram lá no Fórum, ou não sabiam onde tirar a dúvida.

Com a popularização e barateamento e auto-rádios para carro que tocam CDs, de "diskmans" e "aparelhos de som de sala" que também aceitam discos gravados em MP3, bem como a grande difusão de gravadores de CDRs nos micros dos usuários de informática, muitas pessoas tem vontade agora de criar seus próprios CDs personalizados para poder ouvir no carro (como fazíamos anos atrás com fitas K7).

Muitos CDs que compramos nem todas as músicas são interessantes, ou então queremos selecionar por "gênero", ou por "ambiente", ou seja, queremos uma personalização de um CD de áudio, pois não é nem um pouco prático ficar trocando CDs ouvindo 1 ou 2 músicas de cada um, assim, podemos pegar nossos CDs de nossos artistas ou musicas preferidas e fazer uma compilação realmente exclusiva.

Observação: Apesar de não ser muito fã do "aportuguesamento" de alguns termos em inglês, na área de informática isto está cada vez mais presente e um destes termos que "pegou" é o "ripar", que vem do termo em inglês "RIP", que nada mais é que copiar, por isto também estaremos fazendo referência ao termo "ripar" apesar de ser algo meio "estranho" no nosso idioma!

Algumas observações:

  • Alguns auto-rádios destes aceitam tanto CDR como CDRW. É importante se informar sobre isto pois já vi muitas reclamarem de não funcionar a gravação, porém era devido à utilização de CDRW ao invés de CDR.
  • É importante lembrar também que música possui direitos autorais, portanto, estamos assumindo que você está fazendo uma compilação de CDs que você já tenha adquirido! Não pirateie, respeite os direitos autorais dos artistas!

Bom, os passos que faremos serão:

  • Copiar (ripar) música de CDs direto em formato WAVE
  • Colocar as músicas num diretório para podermos organizar
  • Ajustar/normalizar as músicas (opcional)
  • Gerar um CD de áudio com as músicas desejadas a partir de um lote de músicas em WAVE
  • Finalizar o projeto

Vamos então ao projeto!

Como achei mais interessante colocar o máximo possível de imagens ilustrativas do processo, vou dividir este artigo em 2, onde este será o de gravação de CDA (CD de Áudio genérico) e a dica seguinte será a de gravação de CD de MP3.

Para copiar (ripar) as músicas do CD para dentro do computador, será necessário um programa para isto. Existem vários programas ótimos, e vou mostrar aqui a opção utilizando o próprio NERO (programa de gravação de CD que vem com muitos dos alguns gravadores), porém nada o impede de utilizar programas mais especializados para isto como por exemplo o Exact Audio Copy ou EAC (programa freeware ÓTIMO, especialista nesta função), o MusicMatch Jukebox (também muito utilizado), e outros. Estes outros programas na sua maioria também possuem a opção de gravar o CD.

É interessante você ir anotando as músicas que deseja juntar, o nome das mesmas, a ordem que deseja gravar depois, o tempo que cada uma tem, etc. Alguns dos programas irão dar esta informação para você, mas no final das contas, as decisões terão que ser tomadas por você (principalmente no que diz respeito à ORDEM de gravação das músicas).

Bom, supondo que você já tem ou o Nero instalado, vamos ao processo... 

Criando um CD de compilação de músicas em formato CDA ou CD-Audio:

Copiando as faixas de Áudio dos CDs para dentro do micro (rip):

Bom, já com os CDs separados, colocamos o primeiro CD no leitor/CDR para podermos copiar algumas das músicas. Como estaremos fazendo um CD de áudio, ou seja, um CD para ser utilizado em qualquer tocador de CD, vamos copiar as músicas do CD original utilizando o formato WAVE.

Utilizamos a opção COPIAR FAIXAS DO CD do aplicativo do Nero Start Smart para poder copiar as faixas desejadas para dentro do seu micro... (se no seu Nero Start Smart não tiver esta opção, clique no botão para mudar para modo avançado).

Atenção, logo ao clicar na opção de copiar faixas do CD, ele irá perguntar se quer procurar informações do artista na Internet. Responda que NÃO, afinal, o CD original está na sua mão e você sabe já tem tudo que deseja (esta opção é mais para quem quer "catalogar" CDs).

Ele irá abrir uma tela com as faixas de música do CD. Marque as que desejar copiar para o seu Disco.

Atenção na opção OUTPUT FILE FORMAT: coloque como PCM Wav (formato WAVE que iremos utilizar para gerar o CD de Áudio)

Não se esqueça de colocar na opção PATH, o local onde deseja que seja gravado os arquivos WAV das músicas que serão copiadas do CD.

Na opção "File name creation method:", é uma espécie de "automação" da colocação do nome dos arquivos que serão criados. Eu coloco só como 01, 02, etc. Logo em seguida, clicando em GO, ele irá começar a copiar as faixas de áudio do CD para seu HD.

Gravação do CD de Áudio:

Após repetir o processo para os demais discos/músicas que deseja utilizar para montar seu CD de Áudio personalizado, chame novamente o Nero para passarmos para o passo de gravação do CD de Áudio (CDA).

Logo após chamar a opção de "Criar CD de Áudio", será aberta uma interface onde você selecionará os arquivos de música (WAV) que deseja colocar no seu CD de Áudio personalizado. Basta arrastar as músicas (.wav) da janela da direita para a janela da esquerda. Lá embaixo você terá a informação de quanto tempo o CD terá (atenção os CDs de áudio normalmente tem 74 ou 80 minutos). Você pode ir acrescentando músicas até chegar ao limite de tempo.

Após selecionar as músicas desejadas, daí é só passar para o passo de gravar o CD, representado pelo ícone:

Normalizar/padronizar o volume das músicas (opcional):

Muitas vezes acontece de as músicas em CDs diferentes apresentarem níveis de volume diferentes. O resultado é que se ocorrer este caso nas músicas que separamos para gravar nosso CD personalizado, ao colocarmos este CD para tocar, poderá haver mudanças significativas de volume entre uma música e outra. Já pensou estar ouvindo uma músicas bem calma, em um volume tranquilo e ao passar para a música seguinte o volume ficar REALMENTE ALTO? E isto num carro?

Bom, para evitar isto podemos utilizar um programa para padronizar/normalizar o volume de todas as músicas que serão gravadas no CD.

O programa que usaremos é o próprio Nero neste caso e por isto colocamos esta opção aqui no meio do processo de gravação.

Após selecionar as músicas que irá gravar (no programa Nero), marque-as todas, clique com o botão direito, e selecione PROPRIEDADES.

Irá abrir uma janela com opções de filtros, e ações nas músicas a serem gravadas. Selecione FILTROS.

Nesta janela de filtros, marque a primeira opção "NORMALIZE", que irá normalizar o volume das músicas todas num mesmo patamar (ao lado você terá alguns parâmetros que poderão ser usados como o método de normalização a ser utilizado e percentual do volume desejado. Lembre-se quanto mais alto o volume maior a chance de distorções.

Existem diversas outras opções de filtro que você poderá experimentar. Além disto, na primeira tela, você poderá especificar qual o tamanho do "silêncio/pausa" entre as faixas de música. (como padrão é utilizado 2 segundos).

Gravação do CD de Áudio (continuação):

Será aberta uma janela com as informações específicas para gravação (normalmente já configurada corretamente, como está abaixo). Daí é só clicar em BURN para gravar.

Pronto, ao final você já terá um CDA (cd de áudio), personalizado, montado com as suas músicas favoritas.

Finalizando o projeto:

Ao longo do tempo, uma coisa que aprendi é que estes CDs "personalizados" se forem deixados sem nenhuma identificação acabarão se misturando com outros e será uma dificuldade para saber o que tem em cada um, ou para poder escolher qual usar quando se tiver vários deles, portanto, é interessante pensar em finalizar o projeto com a criação de um label para o CD de fácil identificação, e preparar uma capa específica para ele contendo as músicas, etc. Veja a área de dicas aqui do site BoaDica procurando por dicas sobre este assunto, ou então, dê um pulo lá no Fórum BoaDica, para trocar idéias a respeito.

Algumas pessoas possuem o nero já em português ou em espanhol. As telas e o funcionamento é igual, só muda os termos utilizados.

É interessante separar um número maior de músicas do que as caberiam em um CD de 74 ou 80 minutos, pois daí você terá mais opções para compor seus CDs personalizados.

Alguns tocadores de CD são muito "sensíveis" à qualidade do CD utilizado, portanto, é interessante: 

  • Não usar CDRW (a maioria dos tocadores de CD NÃO ACEITAM CDRW). Alguns aparelhos de carro aceitam, aparelhos de DVD de mesa normalmente aceitam;
  • Usar mídia (CDR) de boa qualidade. Existe inclusive alguns específicos para gravação de música (na área da Pesquisa de Preços do BoaDica, você encontrará várias opções de mídia, inclusive estas específicas para Áudio);
  • Nas opções de gravação do nero, é essencial que esteja marcada a opção de FINALIZAR CD. Aparelhos de áudio comum não aceitam CDs gravados em diferentes seções, ou seja, tem que gravar tudo de uma vez só, e o CD tem que estar finalizado, ou não será lido por este tipo de aparelho.

Na dica seguinte veremos: Criando um CD de compilação de músicas em formato CD-MP3:

E não se esqueça, tendo alguma dúvida a respeito desta dica ou outras dúvidas, ou querendo apenas conversar sobre informática, dê um pulo no Fórum do BoaDica (http://www.forumboadica.com.br), lá tem uma galera super legal que poderá ajudar nas suas dúvidas ou poderão participar de um papo legal sobre informática, além de você encontrar área específica sobre CDR, DVD, impressora, som, etc.

 
Indique esta dica Indique esta dica para um amigo

VOLTAR