Página Inicial



twitter

Facebook

  Dicas
|

ATHLON XP MOBILE: O NOVO REI DO OVERCLOCK (ATUALIZADA)

Atanawëa - 03/09/2004

Introdução

Recentemente a Intel lançou seu processador "Prescott", o primeiro cpu fabricado no processo 0.09 micron, e o que mais chamou atenção nele foi sua altíssima dissipação térmica. O novo Pentium 4 simplesmente esquenta demais...
Isso acontece simplesmente porque a nova tecnologia 0.09 micron ainda está em desenvolvimento.

A AMD ainda explora seus processadores (tanto a linha 32bits quanto a 64bits) em .13, mas após alguns poucos anos, a produtora parece ter dominado o processo, tendo evoluído a um ponto altíssimo de qualidade dos seus processadores. E esse ponto alto é sua nova linha de Athlons Xp-M.

Evolução do Processo de Fabricação

Resumindo: o processo de fabricação de chips evoluem basicamente diminuindo o tamanho dos transistores, de 0.25 para 0.18, de 0.18 para 0.15, depois 0.13, e finalmente 0.09 micron.
A cada salto tecnológico é aumentado a quantidade de transistores, assim como as freqüências de operação (o clock), mas no sentido contrário diminui-se a voltagem necessária.

O Athlon XP Mobile

A AMD mantinha-se no mercado processadores para notebook com um produto diferenciado de seus demais cpus, chamada "Mobile Athlon 4", que era completamente diferente de seus primos athlon/duron, especialmente no aspecto do encapsulamento (corpo).
Um processador para notebooks não pode esquentar demais, porque, por motivos óbvios, ele não pode ter sobre ele um dissipador/ventoinha como estamos acostumados a ter. Além disso uma questão importantíssima nos notebooks é o consumo da bateria, e poupar energia é fundamental.
Por esses motivos todos os processadores de notebook têm características peculiares: eles têm baixa voltagem e possuem uma tecnologia que a AMD chama de PowerNow!, que diminui o multiplicador de clock automaticamente quando o cpu não for necessário, quando se navega na net, por exemplo, e depois volta ao normal quando todo o poder do processador é necessário, como por exemplo, num jogo. O Mobile Athlon 4 possuía toda essa tecnologia mas tinha um dispendioso processo de fabricação diferenciado dos outros processadores.

E passou o tempo.
E a AMD chegou a um ponto altíssimo de evolução da fabricação de seus processadores voltados ao mercado de PCs. Voltando um pouco, ao modo como a AMD nomeia seus cpus: eles são fabricados todos no mesmo "waffle", como uma grande massa de bolo, e dessa mesma massa saem tanto bartons 2500+ quanto bartons 3200+. Isso acontece porque a AMD simplesmente testa os chips um a um, e os que funcionam a 3200+ assim são nomeados, e assim por diante.
E nesses testes acabaram por surgir cpus que rodavam a 2Ghz com apenas 1.45v (ou menos), e as "safras" começaram a se estabilizar, a ponto de serem comercializados. E esses melhores chips saídos do forno se transformaram nos novos Athlon Xp-M.

Características

Foram lançados xp-m baseados tanto nos tbreds como nos bartons, com versões 2000+ e 2200+ (tbred, 256kb L2 e 1.35v) e 2400+, 2500+ e 2600+ (barton, 512kb L2 e 1.45v) também existe uma versão do 2400+ barton com 1.35v, e já ouvi dizer, mas nunca vi, um 2500+ 1.35v.
Esses processadores funcionam tranqüilamente em qualquer placa-mãe Socket A (que no mínimo aceite FSB133), mas para mostrar todo seu desempenho, é interessante usar placas que aceitem FSB200+, com controle de voltagem e de multiplicadores. Algumas placas-mãe não reconhecem o cpu, como o windows, que apenas o reconhece como "Unknown CPU Type" (CPU desconhecido) mas eles funcionam mesmo assim.

Reconhecendo um mobile

Para reconhecer um processador, recorre-se ao seu OPN, seu código de características:

Um Xp-M2500+ é 2500FQQ4C; O "F" indica seu encapsulamento, no caso o OPGA; o 1º "Q" indica sua voltagem, no caso 1.45v; o 2º "Q" indica sua temeratura máxima, 100ºC; o "4" indica seu cache L2, no caso 512kb, indicando que é um barton; o "C" indica seu FSB, que nos mobiles é 266mhz (DDR).

Abaixo montei uma tabela com os códigos (OPN) utilizados pela AMD:

Código Encapsulamento
A CPGA
B OBGA
D OPGA
E uPGA
F OPGA
G uPGA
Código Voltagem Nominal
W 1.30V
J 1.35V
V 1.40V
Q 1.45V
L 1.50V
H 1.55V
U 1.60V
K 1.65V
Código Temperatura Máxima
R 70º
V 85º
T 90º
S 95º
Q 100º
Código Cache L2
1 64 KB
2 128 KB
3 256 KB
4 512 KB
Código FSB (DDR)
B 200 Mhz
C 266 Mhz
D 333 Mhz
E 400 Mhz

Outros exemplos: o Xp3200+ comum é DKV4E, e o Xp-M 2400+ é FQQ4C ou FJQ4C.
Imaginem que maravilha seria um Xp-M 2500+ FWQ4E ! :D

Dentro de processadores "iguais", com mesmo OPN, existem várias séries, chamadas de steppings:

As primeiras 5 letras mostram o steppings principal, como ele será chamado, no caso, IQYHA; e logo depois vêm 4 números, que indicam a data de fabricação do chip, no modelo ano/semana. Nesse caso é um modelo feito na 8º semana de 2004, e assim ele será conhecido: um IQYHA da 8º semana de 2004. É importante saber o stepping pois eles são divulgados em fóruns de toda a net, mostrando quais os melhores steppings para overclock.
Um dos melhores steppings atuais é o 2600+ IQYHA de 0351, que já é raríssimo de ser encontrado a venda.

Testes Práticos

Para os testes práticos de overclock eu utilizei três xp-m 2500+, de diferentes steppings, tanto para mostrar o potencial geral do mobile, quanto para diferenciar os diversos steppings. Infelizmente não fiquei tempo suficiente com o "0347" e o "0410" para tantos testes como fiz com o "0408".


2500+ IQYHA 0347 TPMW


2500+ IQYHA 0408 RPMW


2500+ AQYHA 0410 TPCW

Sistema e Métodos

Placa-Mãe: ABIT NF7 2.0
Bios: D22 3dFire by tictac
Fonte: XPC 450watts
Cooler: Volcano 12 (com Artic Silver 5)
OS: Windows XP SP1

Para verificar a estabilidade, eu usei tanto o SuperPI quanto o Prime95.
As screenshots dos testes estão disponíveis em azul.

XP-M 2500+ IQYHA 0347


11,0 x 200 - 2200 Mhz - 3200+ : 1.675v
11,5 x 200 - 2300 Mhz - 3400+ : 1.7v
12,0 x 200 - 2400 Mhz - 3600+ : 1.775v
11,0 x 218 - 2400 Mhz - 3700+ : 1.8v

XP-M 2500+ IQYHA 0408


11,0 x 166 - 1833 Mhz - 2500+ : 1.4v
12,5 x 166 - 2075 Mhz - 2800+ : 1.45v
13,5 x 166 - 2241 Mhz - 3100+ : 1.525v
11,0 x 200 - 2200 Mhz - 3200+ : 1.625v
11,5 x 200 - 2300 Mhz - 3400+ : 1.625v
12,0 x 200 - 2400 Mhz - 3600+ : 1.65
12,5 x 200 - 2500 Mhz - 3800+ : 1.75v
12,0 x 213 - 2556 Mhz - 4100+ : 1.825v
12,0 x 220 - 2645 Mhz - 4300+ : 1.95v (INSTÁVEL)

XP-M 2500+ AQYHA 0410


11,0 x 200 - 2200 Mhz - 3200+ : 1.7v
11,5 x 200 - 2300 Mhz - 3400+ : 1.725v
12,0 x 200 - 2400 Mhz - 3600+ : 1.875v

Dica

  • Antes de adquirir um MOBILE pesquise bem se sua série conseguirá o resultado que você espera.

Boa sorte com os overclocks !

Comentários, críticas, sugestões, me passe ou e-mail: nirvanamaniaco@bol.com.br ou me procure no FORUM BOADICA

 
Indique esta dica Indique esta dica para um amigo

VOLTAR