Página Inicial



twitter

Facebook

Orkut

  Dicas
|

CONVERTENDO SUAS FITAS VHS COM DVD RECORDER

José Dias - 08/12/2008

Em tempos que só se fala de TV Digital, High Definition, Full HD, Blue Ray e mais uma série de siglas que a evolução tecnológica nos força a entender e consumir, este artigo pode parecer para alguns como antigo e defasado, pois trata basicamente da transformação de fitas analógicas para DVD.

Ainda existem muitos acervos pessoas em fitas. Lembranças de aniversários, casamentos, batizados, formaturas e os mais diversos assuntos registrados em fitas analógicas VHS, VHS-C, Hi8, 8mm (não confundir com filme Super 8 ou Single 8) e que seus proprietários gostariam de preservar e de gravar em DVD. Afinal, a facilidade e praticidade do disco de DVD é indiscutível.

Existem várias placas de captura no mercado, que podem custar uma "bagatela" e que podem ser instaladas em um computador, para que a conversão da fita possa ser executada. Acontece, que muitas vezes a qualidade final do trabalho é questionável além dos problemas que podem ocorrer durante a instalação e as dificuldades de compatibilidade, sistema operacional, drives, etc. Enfim, para um usuário leigo no assunto isso pode se tornar uma enorme dor de cabeça.

Embora um pouco mais caros que essas placas amadoras e muito mais baratos do que as placas profissionais, existem os DVD Recorders, gravadores de DVD de mesa, no mesmo estilo que os conhecidos VCR (videocassette recorder). Uma boa opção para quem pretende passar suas fitas para DVD ou gravar seus programas da TV, substituindo assim, o antigo VCR.

Existem uma infinidade de modelos e fabricantes, alguns possuem até um HD (Hard Drive) interno para que seja possível gravar sem a utilização da mídia (disco) de DVD. Outros possuem a entrada digital i.Link, também conhecido como IEEE 1394 ou FireWire. O i.Link transporta digitalmente todos os sinais de áudio e vídeo em um único cabo. Com a entrada de vídeo digital i.Link, você pode realizar cópias perfeitas de filmadoras digitais. Leia mais clicando aqui

Cuidados na hora da compra:

  • Algumas funções dos gravadores só podem ser utilizados em alguns tipos de mídias;

  • Alguns modelos com HD (Hard Drive) interno gravam com uma extensão própria, sendo impossível tornar seus DVDs compatíveis com outros aparelhos;

  • Nem todos os modelos aceitam todos os tipos de discos de DVD (DVD+R/+RW, DVD-R/-RW e DVD-RAM);

  • Aparelhos comprados no exterior podem apresentar incompatibilidade com o sistema brasileiro de TV.

O que procurar na hora da compra do seu DVD Recorder:

Abaixo selecionei alguns itens que são interessantes em um DVD Recorder, não significa que não ter um ou outro item transforme o aparelho em melhor ou pior, é tão somente uma questão de ter mais opções, flexibilidade e conforto.

Vale lembrar que não estamos incluindo os modelos de gravadores Blue Ray.

Procurar modelos que ofereçam a maior compatibilidade com os diferentes tipos de mídia de gravação: DVD+R/+RW, DVD-R/-RW e DVD-RAM.

  • Sistema de gravação NTSC e PAL-M
  • Formatos de compactação MPEG2

Reprodução de Vídeo

  • Mídia de reprodução CD-R/CD-RW, DVD-Vídeo, CD/SVCD de vídeo, DVD+R/+RW, DVD-R/-RW, DVD+R DL, DVD-R DL
  • Formatos de compactação MPEG1, MPEG2, MPEG4 e DivX

Reprodução de Áudio

  • Mídia de reprodução CD-R/RW, CD de áudio
  • Formato de compactação MP3, Dolby Digital, MPEG2 multicanal, PCM

Reprodução de Imagem Estática

  • Mídia de reprodução CD-R/RW, DVD+R/+RW, DVD-R/-RW, Kodak Picture CD
  • Formato de compactação de imagens JPEG

Sintonizador/Recepção/Transmissão

  • TV: NTSC, PAL-M

Conectividade

  • Terminais de Saída: Vídeo Composto, Componente e S-Vídeo
  • Entrada i.LINK DV (IEEE1394)
  • Saída Ótica Digital
  • USB e HDMI (somente em modelos mais recentes)

Conforto

  • VCR Plus, timer manual, gravação em um toque

Conectando o VCR no DVD Recorder:

A ligação dos cabos entre o VCR e o DVD Recorder para a gravação não poderia ser mais simples: a saída do VCR na entrada do DVD Recorder e a saída deste na entrada da TV.

Para garantir uma boa qualidade na sua gravação devemos tomar alguns cuidados:

A fita deve estar em bom estado, limpa e sem mofo. Para saber mais sobre como limpar suas fitas clique aqui.

Um bom VCR é necessário para que a fita seja reproduzida com qualidade.

Caso sua fita seja VHS-C (fita mini VHS de filmadora) você irá necessitar do adaptador de fita.

Lembre-se que suas fitas permanecerão intactas, converter uma fita em DVD não danifica a fita.

O tempo de conversão é o tempo da fita, ou seja, se sua fita tem a duração de 1:30 h, a conversão para DVD levará o mesmo tempo.

Embora os DVD Recorders tenham opções de gravações pré-determinadas para uma hora, duas horas, etc., o ideal, para garantir a maior qualidade possível é determinar o tempo de gravação manualmente, desta forma o DVD Recorder irá gravar utilizando a melhor taxa de compressão (bit rate). Esta taxa influência diretamente na qualidade final da imagem: mais bit rate = mais qualidade = maior o tamanho do arquivo.

Para fazer isso sem correr o risco de encher o DVD antes do final da fita, veja qual o tempo de duração da fita, em seguida programe este tempo no seu DVD Recorder. Embora exista a opção no DVD Recorder de se gravar até 8 horas em um único disco de DVD, a qualidade será desanimadora, pelo menos nos discos de 4.7 GB. O mais recomendável é utilizar cada disco de DVD de 4.7 com duas horas de vídeo

Os DVDs possuem por padrão a capacidade de armazenar 4,7 GB de dados, enquanto que um CD armazena em média 700 MB. Os chamados DVDs de dual-layer (dupla camada) podem armazenar até 8,5 GB, o que permite uma gravação de vídeo com 4 horas preservando a qualidade. Os DVDs de dual-layer podem ser incompatíveis com alguns aparelhos.

Use sempre discos de DVD de boa qualidade. Uma boa opção para quem tem tempo e quer testar antes de produzir seu DVD final, é utilizar os discos de DVD +RW/-RW. Estes discos permitem a realização de sucessivas regravações. Diferentes dos -R/+R, que permitem apenas uma gravação.

Se você ainda possui suas lembranças em fitas, sejam elas VHS, VHS-C, Hi8, 8mm e quer preserva-las em DVD, o DVD Recorder é uma opção de custo acessível, com qualidade, de fácil operação e que não exige mais do que uma leitura no manual do aparelho para aprender a opera-lo corretamente. Livre de complicações! Melhor que isso somente terceirizando o serviço com profissionais.

Assista o vídeo e comprove.

Até breve!

Caso você não esteja vendo o vídeo abaixo, será necessário instalar o Flash no seu navegador. Para isso, clique no selo da Adobe:


Se você tiver algum tipo de dúvida sobre esta dica ou qualquer outra dúvida de informática, dê um pulo no Fórum BoaDica (http://www.forumboadica.com.br), onde tem uma galera muito legal que troca idéias, ajuda, participa em diversos assuntos técnicos e com certeza poderão ajudar!

 
Indique esta dica Indique esta dica para um amigo

VOLTAR