Página Inicial



twitter

Facebook

Orkut

  Dicas
|

CÂMERAS DE VÍDEO EM INFORMÁTICA... VISÃO GERAL

Antonio Vilhena - 13/08/2008

Outro dia lá no fórum do BoaDica apareceu algumas postagens sobre câmera ligada a micro, e como é um assunto que ainda gera algumas dúvidas, resolvi colocar alguns artigos adicionais por aqui para ajudar ao pessoal, além de fomentar mais conversas a respeito e ajudar quem precisa! Já tivemos alguns artigos sobre o assunto, mas sabemos que ainda tem muito o que falar, o que nos anima inclusive a trazer algumas novidades nesta área.

Pretendo fazer uns 2 ou 3 artigos sobre o assunto, e se ainda houver dúvidas, estão todos convidados a dar uma passada lá no fórum BoaDica!

Vale um esclarecimento... irei tratar aqui de CÂMERAS LIGADAS A UM MICRO ou SISTEMA! NÃO SERÁ sobre CÂMERA DE FILMAGEM, que é um OUTRO assunto, para OUTROS artigos a respeito!

Para quê usar câmeras no micro? Bom, vai desde a diversão (puro prazer de poder falar "vendo" para a outra pessoa... mesmo que seja pelo monitor), até ao nível de ser um equipamento valiosíssimo de segurança (hoje em dia cada vez mais está se utilizando câmeras para prevenir e vigiar recintos, pessoas, ambientes, etc.).

Eu pessoalmente separo a utilização de câmeras em 3 grupos básicos conforme a ATIVIDADE a ser realizada:

  • câmeras de segurança (tanto ligada ao micro como autônomas como as que vigiam escritórios, propriedades e ruas),
  • câmeras de vídeo-conferência (por diversão, por trabalho, até por segurança como no caso que desejam implantar nas audiências no tribunal para presidiários),
  • câmeras de informação visual / vigilância (são os casos de câmeras em estradas para verificação de tráfego pelo usuário, câmeras para verificação de tempo, câmeras para verificação de ondas para surfistas, etc.).

Junto a isto, você encontrará também, 4 tipos de câmeras diferentes:

  • Webcam
  • Câmeras ligadas a micro por placa de captura
  • Câmeras IP (por rede ou wifi)
  • Câmeras autônomas

Porque separar em 2 categorias de classificação diferentes? Porque NADA IMPEDE que você utilize uma webcam para vigilância, nem que utilize uma câmera IP para videoconferência... e por aí vai!

Bom, primeiro vamos dar uma "conhecida" nos tipos de câmeras que você irá encontrar, e algumas características delas...

WEBCAM:

Esta é a câmeras mais comum, e você encontra ela no mercado por preços bem reduzido (começando em cerca de R$ 15 os modelos mais baratos até R$ 600 os mais caros).
Porque existe esta diferença de preços? Bom, alguns fatores são importantes na hora de decidir qual câmera comprar.

  • Resolução de imagem (encontra-se desde câmeras com 100K pixels até câmeras com 1300K ou 1,3M pixels)
  • Imagem interpolada ou não: algumas câmeras realizam "interpolação" para poder oferecer uma melhor qualidade, enquanto outras oferecem a resolução REAL, sem interpolação
  • Lentes. Algumas câmeras oferecem lentes melhores, lentes com ajuste, lentes de plástico, lentes de vidro, etc.
  • Funções extra. Algumas câmeras oferecem sensor de presença, infravermelho, etc.
  • Conjunto e acabamento. Pode não parecer mas isto conta muito... um bom acabamento do dispositivo, facilidade de rotacionar a câmera, de prender, etc.

Estas câmeras são ligadas ao micro através de conexão USB (1.1 ou 2.0 dependendo da câmera), algumas junto com o conector USB também fornecem um plug para ligar na entrada de microfone (as que possuem microfone integrado e com conexão separada), e normalmente são controladas pelo sistema operacional como um dispositivo USB, através de driver USB, e algum aplicativo que irá rodar no seu micro.

Você poderá ver algumas informações sobre instalação de Webcam aqui mesmo no BoaDica:

Vejamos alguns exemplos de WEBCAMs:

Como vemos, você poderá encontrá-las nos mais variados formatos.

CÂMERAS LIGADAS A MICRO POR PLACA DE CAPTURA:

Este tipo de câmera ganhou um impulso bem grande através da miniaturização e barateamento da solução (placa de captura/conexão no micro). Você pode encontrar versões com algumas diferenças e claro, influenciando no preço (muitas vezes são vendidas como KIT: câmera + placa de captura):

  • Câmeras com ou sem fio;
  • Câmeras coloridas ou preto-e-branco
  • Câmeras com ou sem som
  • Câmeras com visão noturna
  • Placas para ligar 4. 6 ou 8 câmeras
  • Placas para conexão interna ou externa no micro

Como falamos acima, estas câmeras são conectadas ao micro através de uma placa/dispositivo de captura (pode ser interno ou externo), onde estarão conectadas as câmeras. No micro estará rodando um programa para gerenciamento/captura das imagens.

CÂMERAS IP:

Este tipo de câmera possui como grande característica o fato de não necessitarem estar ligadas a um micro, mas sim conectadas à uma rede Ethernet.
Elas possuem internamente um código que ao serem ligadas numa rede, procuram automaticamente um servidor que irá prover um endereço IP (serviço DHCP), e assim que valida o IP com o servidor (normalmente um roteador na rede), ela automaticamente está pronta e ativa, e já apta a receber "acesso" ao seu conteúdo (de câmera/vídeo) por um micro que a enxergue na rede.

Esta solução é interessante principalmente em ambientes empresariais, pois normalmente em uma empresa, já existe uma infra-estrutura de rede local para que os micros dos funcionários se conectem entrem si, e com isto, pode-se aproveitar esta estrutura e colocar também a parte de segurança, ou seja, uma economia bem interessante na implantação da solução.

Mais interessante ainda, é o fato destas câmeras por estarem numa rede local IP, se esta rede tiver uma conexão com a internet, e aceitar conexões externas, poderem ter suas imagens acessadas de qualquer lugar da internet, ou seja, o escritório estando fechado, poderá estar sendo vigiado e acompanhado qualquer tipo de movimentação em seu interior, de qualquer ponto da internet. É muito interessante para por exemplo centralização de segurança entre diversas filiais, ou mesmo permitir que uma empresa pequena tenha o acompanhamento do andamento do ambiente do escritório a partir de um ponto externo (vigiar loja, vigiar funcionários em escritórios, etc.).

Este segmento está cada vez mais apresentando novidades. Hoje em dia já se encontram câmeras IP em modalidade Wireless, ou seja, é necessário apenas estarem conectadas numa rede local WI-FI (sem fio), do local, bem como também melhoramentos na câmera em si (infravermelho para filmagem noturna, sensor de movimento, algumas inclusive algum tipo de movimentação física).

É bem evidente também o barateamento desta solução. As câmeras de vídeo IP, estão com preços muito atrativos, e pelas facilidades que oferecem, acabam sendo acessíveis a qualquer escritório ou empresário.

CÂMERAS DE SEGURANÇA PROFISSIONAIS (autônomas):

Este tipo de câmera, são as que você encontra atualmente espalhadas pelas cidades, atuando como suporte à segurança pública, conectadas a sistemas de vigilância complexos, de grande capacidade.

Normalmente possuem uma qualidade de vídeo muito melhor, lentes com objetivas capazes de mostrar maiores detalhes da imagem, muitas vezes com capacidade de zoom ótico remoto e algumas com movimentação longitudinal e vertical remoto.

Possuem construção bem robusta, para utilização ao relento, com proteção contra chuva, etc.

Algumas vezes temos câmeras deste tipo sendo utilizadas em conjunto com sistemas de vigilância interna (com câmeras IP), onde estas são focadas em vigilância exterior.

Devido a serem equipamentos de aplicação muito específica, vamos nos concentrar nos próximos artigos nos demais tipos de câmeras e não neste.


Bom, para já, temos então uma visão geral... no próximo artigo trarei mais algumas informações sobre câmeras IP.


Vale lembrar que se você tiver algum tipo de dúvida com relação a esta dica ou qualquer outra dúvida de informática, dê um pulo no Fórum BoaDica (http://www.forumboadica.com.br), onde tem uma galera muito legal que troca idéias, ajuda, participa em diversos assuntos técnicos, e com certeza poderão ajudar!

 
Indique esta dica Indique esta dica para um amigo

VOLTAR