Página Inicial



twitter

Facebook

Orkut

  Dicas
|

TUTORIAL: INSTALANDO UM KEYLOGGER

Antonio Vilhena - 03/04/2006

Primeiro uma observação: apesar de pessoalmente eu não ser a favor da utilização de palavras em inglês, principalmente quando há alguma em português que exprima o mesmo conteúdo, infelizmente nesta situação o idioma favoreceu o inglês e vou utilizar a palavra "keylogger".

Este tutorial é sobre este tipo de programa: Key Logger, ou seja, histórico de teclas utilizadas...

Mas para que serve isto?

Em várias situações pode ser interessante a utilização de um keylogger. Por exemplo:

  • como proteção para você saber se alguém entrou no seu micro, e o que foi feito... Se você deixa seu micro aberto, ou é compartilhado com mais pessoas, e desconfia que alguém anda usando ele de forma incorreta, esta é uma maneira interessante de pegar o que foi feito no micro enquanto você estava fora.
  • em empresas que estão percebendo que os seus funcionários estão desperdiçando muito tempo na internet ou no computador para assuntos pessoais, ou jogos, ou lazer, ao invés de trabalhar. Com um keylogger você poderá depois conferir TUDO que o funcionário digitou no computador (sim, a lei permite isto). Lá no fórum por exemplo, há várias pessoas que reportaram que na empresa tem colegas que passam o tempo todo no MSN ou ICQ ou salas-de-bate-papo (sim isto é comum).
  • em casa, para acompanhar o que seus filhos andam fazendo/digitando no computador
  • e por aí vai...

É importante ressaltar que este tipo de programa não é para ser utilizado de forma "maldosa" ou "maliciosa" ou "ilegal" ou "imoral" ou coisa parecida. Se você irá utilizá-lo por exemplo para controlar os funcionários da empresa, informe a eles antes. Desta forma eles evitarão fazer mal uso do sistema (que é o que no final das contas é importante para você), ao invés de você ficar "espionando o tempo todo".

Bom, espero que vocês analisem melhor qual a melhor opção de uso para este tipo de programa. Você pode por exemplo dar um pulo lá no Fórum do BoaDica, para conversar a respeito e obter opiniões qual a melhor solução para seu caso específico.

Bom, decidido que irá instalar, vamos primeiro decidir qual programa iremos utilizar!

Apesar de eu montar este tutorial com um programa específico (eu optarei por um gratuito que atenda a algumas das necessidades que irei colocar a seguir), é importante você decidir o que deseja de um programa de keylogger, e as principais características que ele deve ter são:

  • Ser invisível
    Uma das razões de você colocar um keylogger, é querer descobrir algo que esteja sendo feito no micro sem a sua presença, portanto, se for algum programa que seja facilmente descoberto, ele poderá ser parado, a pessoa fazer o que quiser no micro, e depois reiniciá-lo novamente. Ou seja, o programa perdeu seu propósito! Desta forma, o ideal é que o programa quando instalado, ao ser chamado ele seja indetectável pelo usuário, de forma que só você saiba que ele está sendo executado.
  • Seja bloqueado por senha
    Caso um usuário mais técnico que esteja usando o micro descubra que existe um keylogger rodando, ele deve ser protegido de forma a que mesmo sendo descoberto ele não possa ser desativado
  • Grave as informações necessárias e pertinentes
    É importante saber que tipo de informações o keylogger irá gravar para você. Se ele irá gravar TUDO realmente ou só o que for digitado em "alguns" aplicativos.
  • Forneça alguma interface para recuperação das informações gravadas
    Esta função na realidade é importante no caso de haver muitas informações, ou muitos micros a controlar, ou o espaço de tempo para análise do histórico de dados seja muito grande. Sem uma interface que facilite a recuperação do que foi digitado, ou a compreensão do que foi feito, você pode acabar tendo um bocado de informação inútil sem uso prático.
  • Facilidades extras
    Alguns programas chegam a tirar "fotografias do desktop" de tempos em tempos... para alguns casos isto pode ser interessante
  • Avisos para usuários remotos
    Alguns programas permitem a configuração de avisos do tipo de caso tal coisa aconteça, enviar um e-mail para tal usuário informando do que está sendo feito no micro (em termos de segurança isto pode ser muito importante)

Enfim, é importante analisar o que você deseja, e depois aos poucos escolher o programa que melhor irá atender às sua necessidades. Na internet você encontrará facilmente dezenas de programas de keylogger (este é a palavra chave), ou você poderá também ir na "área de sugestões de programas do boadica", e procurar algum que já tenha por lá (geralmente indicamos programas freeware ou shareware de forma a facilitar seu teste ou uso final).

Para este tutorial em especial, irei utilizar o programa: Actual Keylogger pois me foi indicado recentemente por um conhecido que gostou muito, além de oferecer algumas funções interessantes que me interessaram muito na recuperação de dados e definição de filtros no log.

OBS: atenção que alguns programas de keylogger podem não funcionar em caracteres acentuados (na realidade podem desativar o uso de acentos pelo teclado). É importante testar antes de implementar um programa para ver se tudo está funcionando a contento.

Após baixar o programa, basta instalar (bem fácil):

Clique em <NEXT>

Clique em <I accept ...>

Local no disco onde será instalado o programa

Nome no Menu do Iniciar

Selecione se desejar colocar o programa disponível na área de trabalho e na barra de tarefas

Clique em <Install>

Após a instalação irá aparecer o LEIAME.TXT. Clique em <Next>

Pronto! Já está instalado! Basta clicar em Finish que ele irá chamar o programa

Esta é a interface principal do programa!

Pronto, você já está com o programa instalado!

O primeiro passo é clicar na opção de SETTINGS para definir/configurar como ele irá funcionar:

Tela de Configuração (settings) do programa

Nesta tela de configuração, você deverá definir (partindo de baixo para cima):

  • HOTKEY -> é a combinação de teclas que irá chamar a tela de controle do Keylogger. Como default ele vem com a combinação de Teclas: Control + Shift + Alt + F7
  • Enable password -> esta opção permite que você defina uma senha para ao ser chamada a tela de controle do keylogger, só quem tenha a senha possa usar o programa
  • HIDING -> Nesta seção, você terá diversas opções para "esconder" o funcionamento e ativação do programa.
    • Remover o atalho da área de trabalho
    • Remover o atalho do menu do Iniciar
    • Remover a referencia a ela na opção de "Adicionar e Remover Programas", no painel de controle
    • Esconder o diretório e o programa
    • Definir uma palavra-chave para iniciar o programa
  • STARTUP OPTION -> aqui você definirá como o programa irá iniciar:
    • Iniciar junto com o sistema
    • Iniciar o MONITORAMENTO junto com o sistema
    • Iniciar "escondido" (hide)
  • LOG FILES -> aqui você definirá onde será gravado o arquivo com o log (histórico) do que é digitado, definir tamanho máximo, se será encriptado ou não, etc.

Você poderá ver "ONLINE" o que é guardado no log através da opção PC Activity.

Clique no Icone "START MONITORING", que o programa começará a monitorar a digitação. Abra o "bloco de notas" por exemplo, e digite qualquer coisa nele. Em seguida vá no icone PC Activity e verá os aplicativos que o programa já está monitorando... no exemplo abaixo, clicando no aplicativo BLOCO DE NOTAS, verei o que foi digitado por mim nele.

Pronto, já sei que está funcionando, agora posso ativá-lo e escondê-lo para poder acompanhar depois.

Depois de ter capturado o que você desejar, chegará a hora em que você irá querer ver o que foi capturado. Nesta hora, o logo com certeza estará grande, e para pode ver o conteúdo de forma amigável, você usará a opção de REPORT. Clique no icone de Report que chamará a opção de relatório do programa (figura abaixo):

Você poderá utilizar filtro de data, se será em uma página ou mais, e que tipo de formato de relatório deseja (se em html ou texto). Ao clicar em CREATE REPORT, será pedido um local no disco para o relatório final (conforme sequencia abaixo).

Acho que com isto vimos o principal que o programa poderá fazer (alguns detalhes e configurações mais específicas você poderá experimentar mais tarde).

Vale lembrar que este é apenas 1 de tantos programas que existem no mercado para esta finalidade. Cada um possui características próprias, funções específicas, etc. Experimente e escolha aquele que melhor lhe atender.

Por fim, vale lembrar que se você tiver algum tipo de dúvida com relação a esta dica ou qualquer outra dúvida de informática, dê um pulo no Fórum BoaDica (http://www.forumboadica.com.br), onde tem uma galera muito legal que troca idéias, ajuda, participa em diversos assuntos técnicos, e com certeza poderão ajudar!

 
Indique esta dica Indique esta dica para um amigo

VOLTAR